Bem sabemos que o tempo não para, não espera por nós, não se atrasa nem se adianta…vivemos com frequência em piloto automático e não prestámos atenção ao tempo! O tempo que pode ser o nosso maior aliado ou o contrário, quando não o aproveitamos e não usufruímos dele! Já te apercebeste de em determinado momento pensares para ti mesma/o: “Não dei conta de o tempo passar!”, “O tempo passa tão rápido e não consigo fazer tudo o que preciso!”, bom, isso poderá ser um sinal de que, em primeiro lugar, precisas de abrandar, estruturares o teu tempo e vivê-lo em pleno, que é como quem diz, com consciência no momento presente, em segundo lugar, perceber que os teus dias, semanas, meses e anos passam independentemente de realizares o que queres ou não! É urgente pararmos e fazermos uma análise do nosso tempo! O que conquistei até agora? O que pretendo fazer nos próximos tempos? Como quero que seja o meu percurso de vida? O que estou a fazer AGORA para colocar tudo isso em prática? Que tempo de qualidade tenho passado com as pessoas que me são queridas? Ando sempre com pressa? De quê? Vivo a vida acelerada? Porquê? O que ganho com isso? O que perco com isso? Como quero efetivamente aproveitar o tempo todos os dias da minha vida?

Pode parecer cliché, mas o tempo não para mesmo e não volta atrás…quando acordares do piloto automático poderás ter um choque ao perceber quanto tempo passou em vão! Agora é a hora de tomar novas atitudes e novas decisões que sejam ecológicas para ti e para os teus, para que possas viver em pleno e sem lamentações! Este ano de 2019 tenho sentido que o tempo voa…tens sentido o mesmo? Por isso mesmo, considero de extrema importância dar mais valor a este bem precioso e vivê-lo com consciência e verdade! 2019 traz consigo uma vibração de comunicação das nossas verdades! O que é que isto significa? Significa que é hora de assumires a tua verdade e expressá-la ao mundo sem receios e sem bloqueios! Quando percebes as tuas reais necessidades, quando te permites Ser e integras aquilo que pensas, sentes e fazes, estás no ponto certo para expressares a tua verdade em todos os contextos! Sabes dizer “Não” de forma a ficares bem com isso? Sabes expressar a tua opinião sem te sentires diminuída/o? Sabes expressar e colocar os teus limites com verdade e tranquilidade? Sabes ser compassivo contigo mesma/o quando percebes que determinadas situações já não fazem sentido na tua vida? Consegues expressá-las sem dor? Reconheces o teu poder pessoal quando és mais fiel à tua verdade e vives de acordo? Estas questões fazem-nos refletir sobre o que é verdade para nós agora, o que já foi e deixou de fazer sentido, o que sentimos em relação às nossas vontades e verdades e a forma como as expressamos e vivemos!

Quando percebes na tua essência, no teu interior, a tua verdade, vais automaticamente viver o tempo com mais qualidade e vais com certeza aumentar o teu poder pessoal, o teu bem-estar contigo mesma/o e com os outros! É natural que te apercebas durante o ano que muitas pessoas, organizações, situações e instituições deixem de fazer sentido para ti! Este é o ano em que muitas transformações vão acontecer dentro e fora de ti! É por isso, importante que consigas lidar com estas questões de forma tranquila e que assumas essas verdades para ti e para os outros. Somos mais felizes e aproveitamos melhor a vida quando “separamos o trigo do joio”! Nem sempre é fácil, às vezes dói…, mas é tão compensador e libertador! Tenho-me deparado com pessoas que andam a viver questões profundas de descobrirem as suas verdades, as suas vontades, os seus limites e como estes processos podem doer e ao mesmo tempo podem ser renovadores para essas mesmas pessoas! Algumas têm se deparado com situações em que são levadas a uma de duas posições: 1-assumes agora os teus limites e verdades, e expressa-los sem receio; 2-continuas a ser o que os outros querem que sejas e passas por cima da tua verdadeira vontade. Outras pessoas vivem processos de se assumirem de uma forma autêntica nas suas profissões, nas suas funções, nos seus papeis e assumirem essa autenticidade, com coragem, para si e para o mundo! Já te aconteceu ires vivendo ao sabor do vento, em que te moldas às outras pessoas, àquilo que te é pedido, àquilo que é esperado que faças, àquilo que não gostas, és contra e fazes na mesma? Como te sentes em relação a isso? Fernando Pessoa disse: “é o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.” É tempo de seres Tu mesma/o! É tempo de assumires o que queres e o que não queres! É tempo de viveres em autenticidade com o que és e assumi-lo livremente, sem medos, com consciência e integridade! O que pode acontecer se o fizeres? Tornar-te-ás congruente com aquilo que sentes, vives e expressas; viverás o teu tempo com mais sentido e significado; aumentarás o teu poder pessoal e estarás confortável com o que escolhes ser mais importante para ti agora! Expressar-te-ás sem reservas e sem medos de não seres aceite ou compreendida/o!

Se não viveres e expressares a tua verdade, como saberás se os outros vivem em verdade contigo?

Importante lembrar que para assumirmos a nossa verdade, não temos que ter atitudes reprováveis, não temos que ferir ninguém. Temos sim, que ter respeito por nós, pelo que somos e sentimos! Temos sim, que ser assertivos e expressar essa assertividade com respeito, integridade e elegância! Sempre com Verdade!

O tempo é maravilhoso e de uma forma ou de outra, vai sempre conduzir-te à verdade! A verdade do tempo! E com o tempo, vais descobrir mais e mais verdades sobre ti, e mais e mais verdades sobre os outros em relação a ti!

Vais assumir e viver as tuas verdades a tempo?

 

Artigo escrito para a revista Mindset Magazine.

Partilhar este artigo...